terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Dia Internacional da Língua Materna

Comemora-se hoje, dia 21 de fevereiro, o Dia Internacional da Língua Materna. Nós, os alunos do 5º ano, tivemos o privilégio de assinalar este dia, assistindo a uma sessão de contos, dinamizada pela contadora de histórias Cláudia Sousa, na Biblioteca da nossa escola. Ficámos a conhecer muitos livros, sobre variados temas e todos eles surpreendentes.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Faça lá um poema

A nossa turma vai participar no concurso da Biblioteca "Faça lá um poema", com dois poemas elaborados pela Matilde e pelo Tiago Correia.

Este é o da Matilde

Ler, meu doce ler
Vou contar-vos uma história
Com aventura a valer,
Guardai-a na vossa memória
Para nunca a esquecer.

Era uma vez um rei
Que se achava o melhor inventor
Pensava ditar a lei
E assim ser bom escritor.

Foi ele que inventou o livro
Aquele que vagueia na imaginação.
Toda a gente gostou da ideia
E isso alegrou-lhe o coração!

Assim nasceu a leitura
Que neste momento estás a fazer
Passou depois da ditadura
Incentivou o mundo a escrever.

O bichinho da leitura,
Ou da escrita talvez
Faz-nos melhores leitores
Mas só pica uma vez.

Teatros, poemas e prosa
Não interessa o que vais ler
Mas uma coisa te digo
Nunca vai desaparecer.

Ler, meu doce ler…
Vais-me fazer sempre crescer…


E este é o do Tiago Correia

Havia um senhor que gostava de ler
Um dia prometeu um livro escrever
Quando o publicou
Toda a gente o comprou

Começaram a ler
A ler com prazer
E todos os dias
Até animais iam ler

Começou a vaca
Depois o leão
Ainda foi o porco
De seguida o cão

Parecia um bailarico
Só por causa do livro rico
Imagina se fosse a coleção
Gastavam um dinheirão

Mas liam com prazer
O que podia ser
O que todos deviam fazer
"Ler com prazer"